*Brasil em Clima de Guerra Contra a Venezuela

Uma possível guerra do Brasil atual contra a Venezuela poderá durar anos, talvez décadas.

A história nos ensina que estes conflitos entre vizinhos carregam muito mais que apenas algumas diferenças.

Cria-se a raiz de um ódio muito dificil de ser curado, arrasando nações completamente.

Alguns conflitos entre vizinhos:

*A guerra entre as Coreias começou em 1948, já dura quase 71 anos, atualmente as duas nações irmãs, separadas pelo imperialismo, estão tentando uma reaproximação, morreram nesta guerra mais de 2 milhões de coreanos e até hoje acontecem conflitos na fronteira, conflitos estes amenizados um pouco com a criação de uma zona mais ou menos neutra entre os dois países. Oficialmente em 1953 aconteceu um cessar-fogo. Porém o armísticio ?

*A guerra indo-paquistanesa começou em 1947/1948, em outra fase em 1965, no inicio alegavam motivos religiosos e a uma disputa por autonomia local, a Índia requeria a independência da coroa da Inglaterra que sugava o pais, no decorrer foram criados outros motivos mais marcantes, até hoje as duas nações sofrem com este ódio.

*Na fronteira entre Síria e Turquia, começou um conflito armado em 2012, a fase agressiva durou até 2014 e até hoje focos armados acontecem entre os dois países. Na irracional guerra incluiremos ainda a luta pela independência do milenar povo Curdo, a apropriação do Estado Islâmico, o imperialismo Israelense e outros interesses.

*A guerra do Pacifico aconteceu na América do Sul em 1879 e durou 4 anos, as nações envolvidas; Chile por um lado e Peru e Bolívia do outro, no inicio o motivo era o Atacama, um deserto, pensaríamos. Um deserto ? Porém um deserto muito rico em minerais. Terminou em 1883 ? Não, até hoje o Chile guarda um ranço nacional e não libera uma faixa viável para a Bolívia dispor de uma saída ao mar “Pacifico“. Como vemos o ódio dura mais de um século e meio.

*Outra guerra que aconteceu na América do Sul foi a do Chaco, envolvendo a Bolívia e o Paraguai entre 1932/35. O motivo, petróleo nas bases dos Andes.

A guerra do Chaco foi uma das mais violentas na America do Sul. O Chaco era reivindicado pelos dois países. Atualmente o Chaco é uma área americanizada, em seu território foi construída uma base estadunidense com pista de pouso, alojamento para mariner’s e outros materiais bélicos.

Os analistas costumam alegar que a América do Sul é uma região pacifica e de bons resultados sobre a solução de conflitos territoriais, porém o continente é alvo de toda ganancia imperialista, de toda manobra maquiavélica, de toda politica de contra-insurgência. Tudo por causa de suas riquezas minerais (que é o maior interesse em todas as guerras), neste contesto a guerra do Paraguai pode servir como um exemplo perfeito. De um lado o Paraguai, contra Brasil/Argentina/ Uruguai, é considerada uma das mais sangrentas, 300.000 paraguaios foram mortos, 50.000 argentinos/brasileiros/uruguaios foram mortos. Percebemos aí uma diferença de 6 por 1, isso se considerarmos apenas dois lado e não a proporção de três nações contra uma. No cerne do conflito, taxas alfandegárias (Paraguai sem saída para o mar) e disputas na fronteira (outra vez os interesses nos minérios, etc).

*A guerra entre Brasil e Paraguai, até hoje deixou um amargo na vida dos paraguaios, se você for natural de alguma nação do eixo tríplice pode não sentir qualquer tipo de ranço, porém se for paraguaio certamente carregará uma magoa para sempre em saber que reservatórios de água foram contaminados, comidas queimadas ou contaminadas e crianças assassinadas covardemente.

*Os analistas costumam alegar que a América do Sul é uma região pacifica e de bons resultados sobre a solução de conflitos territoriais, porém o continente é alvo de toda ganancia imperialista, de toda manobra maquiavélica, de toda politica de contra-insurgência. Tudo por causa de suas riquezas minerais (que é o maior interesse em todas as guerras), neste contesto a guerra do Paraguai pode servir como um exemplo perfeito. De um lado o Paraguai, contra Brasil/Argentina/ Uruguai, é considerada uma das mais sangrentas, 300.000 paraguaios foram mortos, 50.000 argentinos/brasileiros/uruguaios foram mortos. Percebemos aí uma diferença de 6 por 1, isso se considerarmos apenas dois lado e não a proporção de três nações contra uma. No cerne do conflito, taxas alfandegárias (o Paraguai não tem saída para o mar) e disputas na fronteira (outra vez os interesses nos minérios, etc).

Como podemos perceber, as guerras regionais fazem parte de uma estratégia dos: Fabricantes de armas (muitas fabricas vendem armas para os dois lados), neste interesse existe a necessidade do conflito durar bastante, (quanto mais delonga, maior é o faturamento), capitalismo em busca de riquezas minerais com baixo custo (contam com as oligarquias submissas e entreguistas do terceiro mundo, sujeitas a vender qualquer coisa de qualquer nação por um preço vil), religião (neste caso algumas delas se acham superiores), hegemonia “geopolítica“, ou simplesmente acreditar que uma nação é melhor que a outra mesmo (o que aconteceu no Congo – assassinato de 10 milhões de congoleses pela Bélgica, os belgas acreditavam que os congoleses eram uma sub-especie) e outros motivos menores até.

Duas nações imperialistas, extremamente guerreiras e violentas, provavelmente, nunca entrarão em conflitos diretos .

Leia mais: Por que a Turquia bombardeia o Curdistão ?

Leia mais: Guerra indo-paquistanesa de 1947 e 1965

Leia mais: Guerra da Coreia deixou mais de 2 milhões de mortos

Leia mais: Guerra do Chaco

Leia mais: Guerra do Paraguai ainda gera controvérsia

Leia mais: Rei belga matou dez milhões no Congo (o maiores extermínios étnico da humanidade)

Leia mais: Instalação militar norte-americana no Paraguai gera polêmica

Leia mais: A história esquecida da guerra do Paraguai (PDF para baixar)

Leia mais: A guerra que nos envergonha. Principalmente pela covardia

Leia mais: Guerra do Paraguai: país recorda o assassinato de 4 mil crianças

Leia mais: Guerra do Pacífico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.