*Prostituição e tráfico de droga vão contar para o PIB britânico

E assim, vai se dando continuidade a quinta economia mundial:

d7b597bea502897baade10f03a5e11ac-783x450

Não mudou:

As receitas geradas pela prostituição e pelo tráfico de droga no Reino Unido vão ser integradas no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e poderão aumentá-lo em 10 bilhões de libras (12.3 bilhões de euros).

 O instituto de estatística britânico (ONS, na sigla em inglês) divulgou esta quinta-feira as suas estimativas, assentes em informação datada de 2009, e estima que a prostituição faça aumentar o PIB em 5,3 bilhões de libras (6,5 bilhões de euros) e o tráfico de droga em 4,4 bilhões de libras (5.4 bilhões de euros).

A consideração destas atividades ilegais no PIB está prevista nas regras europeias, com o objetivo de comparar as economias dos Estados-membros da União Europeia.

Para medir as receitas geradas pela prostituição, os estaticistas devem considerar o custo do aluguer dos locais da prostituição e as compras de preservativos e da ‘indumentária de trabalho‘.

O número de prostitutas no Reino Unido está estimado em 58 mil e o dos seus clientes semanais entre 20 a 30 (per capta – uh!).

Quanto ao tráfico de droga, o ONS considera a produção e venda de ‘crack’, cocaína, heroína, cannabis, ‘ecstasy’ e anfetaminas.

Militantes que lutam contra a violência contra mulheres consideraram “inquietante” a avaliação financeira destas atividades.

Uma porta-voz da associação Eaves declarou-se “surpreendida e entristecida que estas atividades ilegais, estes delitos e abusos sejam consideradas como parte integrante do PIB”.

Mas o secretário de Estado para a Prevenção da Delinquência, Norman Baker, reafirmou o compromisso do governo britânico em lutar contra “os desgastes e a exploração causados pela droga e a prostituição”.

No Reino Unido a prostituição em si não é ilegal, mas as atividades comerciais na sua órbita, como os bordéis, são.

O PIB do Reino Unido em 2012 está estimado em 1,8 trilhões de euros – o de Portugal em 165 bilhões de euros.

Leia na íntegra: Prostituição e tráfico de droga vão contar para o PIB britânico

Leia também: Os 5 Maiores Latifundiários do Planeta

Leia também: Espanha também, agora somando o contrabando

Leia também: A Itália, terra do catolicismo 

Leia também: Holanda

Leia também: Grande parte da Europa quer ter superávit  no PIB

*O Espião Russo/Inglês que Queria Morrer – Por villorBlue

Attempted-murder-of-a-Russian-former-double-agent-Sergei-Skripal-and-his-daughter-Yulia-Skripalnu

Toma proporções incalculáveis o caso misterioso do agente espião russo que trabalhava para a coroa britânica, Sergei Skripal com sua filha Yulia foram encontrados inconscientes em um banco de um shopping na cidade de Salisbury – UK.

De pronto a Inglaterra afirmou que Skripal havia sido envenenado pela Rússia, envenenado com o agente “A-234”, conhecido também como “Novishok”, porém não quiseram transladar os internados para a Rússia para outros procedimentos. Estas informações de envenenamentos foram negadas imediatamente pela Rússia.

O estranho neste acontecido, nem é o envenenamento em si, o próprio Skripal poderia ter tentado o suicídio por algum motivo, até por depressão por ser um traidor e traidores não vivem com a consciência limpa, (isso por motivos óbvios), o estranho é as atitudes de 26 países em fechar embaixadas, expulsar diplomatas russos ou anunciar retaliações contra a Russia após o acontecido, a filha de Skripal poderia ter sido envenenada por acidente, pelo fato de se encontrar fora de perigo, o contato pelo jeito foi leve.

A questão também são as dúvidas sobre o envenenamento, que agente químico frouxo é este que não mata e apenas deixa tonto. É veneno para matar baratas ? Estaria a Rússia perdendo a mão das fórmulas ? Eles não teriam algo mais eficaz, como o cianureto por exemplo ?

Outra questão que nos leva a pensar também, seria; em que operação o espião inglês estaria trabalhando para causar tanta polêmica e revolta no mundo ocidental ?

Até o momento este incidente internacional nos leva a uma crise internacional que poderá polarizar o planeta mais uma vez (trazendo a tona uma espécie de guerra fria) e isso por culpa das decisões precipitadas de alguns países.

*Os EUA expulsaram 60 diplomatas russos de seu território e fecharam o consulado russo em Seattle, dos 60 diplomatas expulsos 12 são alocados na ONU..

*A Rússia expulsou 23 diplomatas ingleses, 60 diplomatas estadunidenses e fechou o “British Concil” (uma espécie de centro de interesses ingleses na Rússia) Também negou a abertura de uma nova embaixada em São Petersburgo.

*O Canadá expulsou 4 diplomatas russos.

*A França expulsará quatro diplomatas russos.

*A Alemanha expulsará quatro diplomatas russos.

*A Ucrânia (esta já era esperado) expulsou 13 diplomatas russos.

*A Holanda expulsou dois diplomatas russos.

*A Polônia expulsou quatro diplomatas russos.

*A Itália expulsou dois diplomatas russos.

*A Lituânia expulsou 3 diplomatas russos e baniu quarenta e quatro russos de seu território.

*A Letônia expulsou um diplomata russo.

*A Dinamarca expulsou 2 diplomatas russos.

Como vemos, nunca vimos algo assim, tudo isso por um espião que queria apenas ficar doidão de Novishok.

Ou existe algo muito mais podre no mundo ocidental do que consegue imaginar qualquer vã filosofia ?

O que nos parece é que os EUA e seus aliados na Europa são infantilizados, ou estavam apenas esperando um motivo como este para atacarem o BRICS, o que neste caso, seria mais grave ainda. A Europa, inclusive, estaria acreditando que o próximo inverno poderia ser bem mais quente e neste caso não precisariam do gás russo para esquentar seus prédios.

Outro fato estranho também, é tudo isso estar acontecendo a alguns meses do mundial de futebol, que este ano acontecerá na Russia. algo que nos remete ao fatídico 2014 no Brasil. As olimpíadas de inverno na Russia já foram problemáticas no quesito diplomacia, as tentativas de boicote de alguns países quase destruindo a imagem dos jogos, quase o planeta caiu na onda.

Esta história não para por aí, pelo andar haverá outras retaliações e o planeta estará mais uma vez polarizado. Agora terrivelmente polarizado.

O DESENROLAR DESTA HISTÓRIA, LEIA NA ÍNTEGRA:

Um representante da Rússia na OPAQ, Alexander Shulgin, afirma que a substância venenosa, que de acordo com o laudo pericial inglês, foi o agente utilizado em Salisbury por Sergei e Yulia Skripaly, foi fabricada e patenteada nos Estados Unidos como uma arma química.

РИА Новости https://ria.ru/world/20180418/1518936593.html

Leia mais: Celular de Sergei Skripal e Yulia ‘desligado por 4 horas’ no dia

Lei mais: Ex-espião russo Sergei Skripal provavelmente foi infectado em casa

Leia mais: EUA e 14 países europeus decidem expulsar diplomatas russos

Leia mais: Rússia expulsa 23 diplomatas britânicos

Leia também: O Brasil no epicentro da Guerra Híbrida

Leia também: O Espião Russo/Inglês que Queria Morrer (parte 2)

*O Surgimento da Direita a Nível Planetário – Por villorBlue

A direita e a extrema direita (nazi/fascismo) está ressurgindo no planeta numa velocidade impressionante.

No leste Europeu, na UE, nos EUA, na África, na América do Sul e Central, na Ásia, no Oriente Médio, na Ásia Meridional.

Você pode estar pensando, o que está causando este movimento, esta resposta não encontraremos na mídia tradicional e burguesa.

Tudo o que estamos assistindo e tentando reagir contra, faz parte de um plano surreal e abarcador orquestrado pelo capital transnacional.

O capital deixou de ser representado por uma nação, ele é informação e pode estar hospedado em qualquer pais, pobre ou rico, de qualquer continente, uma pequena mostra disso sãos as moedas P2P, sem lastro, apenas informação.

O capital entende atualmente que o fascismo é interessante para sua sobrevivência, através da subserviência da classe explorada atualmente (aproveitando, o nazifascismo foi criado pelo capital, isso é assunto para outro texto) prova desta afirmação é a quantidade de golpes em países governados por políticos com tendências de esquerda e centro-esquerda, todos estes golpes estão tendo logística e recursos de organismos internacionais, muitos destes recursos de difícil rastreamento como é o caso das malas de dólares e do bunker baiano com 51Mi no Brasil.

E nesta direção não é preciso citar todos os casos e sim, usarmos nosso senso, em todos os países temos dezenas de exemplos nos últimos 10 anos. Por este motivo, ele (o capital) entendeu que deveria reprogramar o fascismo, inseri-lo dentro de algumas religiões para torná-lo limpo e santo, assim aceitável pela maioria de boa fé, deixar de lado a questão étnica e passar a focar as classes sociais, por isso a educação hoje em dia visa apenas a profissionalização (do indivíduo), como a lembrar sempre; sua melhora como pessoa se dará através do conhecimento técnico, assim, a educação não serve mais ao grande projeto utópico da humanidade, da elevação do ser humano em busca da consciência de todos, ou melhora do nível intelectual da espécie.

Este projeto global está em marcha desde a década de 1960, os primeiros passos foram dados no “Consenso de Washington”, a quase quarenta anos atrás. Lá o capital já percebia a própria estagnação, apenas naquela época, o capital era mais localizado, as maiores multinacionais tinhas suas sedes em território estadunidense e isto mudou, hoje o capital é transnacional, sem cara ou cor, sem idioma ou cheiro, sem rosto. Uma multinacional de certo país poderá ter seus executivos ou reservas em qualquer continente, ou não. A miserabilidade se abatendo sobre os menos favorecidos estadunidenses nos mostra que o capital hoje em dia é apátrida, só em NYC são dezenas de milhares de moradores de rua. Quer outro exemplo ? Detroit.

No Brasil os estados do sul do país se encontram em franca falência, sem recurso para educação e saúde, o Rio de Janeiro não consegue pagar os funcionários públicos corretamente e optam por intervenção militar para tentar controlar uma violência que não se controla com mais violência. Estes estados já foram considerados ricos, atualmente beiram a mendicância. Os estados do sul do pais são campeões  em exportação em soja, milho e outros, indicando que a riqueza gerada não fica no país nem em suas regiões.

Os “ovos da serpente” proliferam e germinam. Acontece em toda parte, nos EUA, no Brasil, na Argentina, na Europa e Leste Europeu, na Ásia e Ásia Meridional, nas Américas e Oceania. São muitos exemplos, seria cansativo exemplificá-los um por um. Alguns são disfarçados, outros se autoproclamam de extrema direita como é o caso de “Marine Le Pen” da Frente Nacionalista na França, são milhares de exemplos, cada um querendo mostrar um nível maior de crueldade para subir no conceito de suas organizações.

Na década de 60 o pensamento dos capitalistas era para apoiar o fascismo, alguns políticos estadunidenses, brasileiros e de outros países chegaram a assumir que os EUA haviam lutado do lado errado na guerra de 39, numa clara alusão de apoio ao nazismo, apenas pensavam que uma década e meia era pouco tempo pra enxertar a ideia da supremacia nas pessoas, fazia quinze anos do término da segunda guerra burguesa imperialista, e as pessoas ainda sentiam na carne as dores do massacre, nestes casos era mais uma questão de estratégia do capital.

Assim o capital teve tempo e segurança para trabalhar o individualismo nos indivíduos, o conceito amadureceu.

Como percebo, “tiveram tempo pra preparar um projeto para a humanidade a longo prazo“.

E quanto ao Brasil ?

O Brasil é um paraíso fantástico para o novo projeto do capital:

Desmatando o que sobrou da floresta Amazônica, da Mata Atlântica e do Pantanal o país pode produzir mecanicamente alimentos para o mundo, (sem utilização de mão de obra), o território tem terra fértil e água para tanto, a velha afirmação de “celeiro do planeta” tem fundo de verdade e se traduz no “olho grande do capital”. E quem possuir a América do Sul, terá o planeta em suas mãos.

Fora a parte agrária, o Brasil tem todos os minérios que o planeta precisa e com o desenvolvimento das nano fábricas, o capital poderá produzir o que quiser em qualquer parte do planeta, a qualquer hora, quase de graça.

Leia também: O fascismo poderá nos engolir a todos

Leia também: Fascismo com a complacência nacional

*Os ovos de chumbo dos galinhas-verdes

POR FERNANDO BRITO do TIJOLAÇO

atirador

Cometi um erro num post anterior ao chamar de “aperitivos de chumbo” o atentado a tiros feito contra a Caravana de Lula.

Não é mais um aperitivo, é uma violência estimulada pelo próprio “galinho de briga” do fascismo, Jair Bolsonaro.

Ele próprio, hoje, assumiu o discurso de ódio.

Em lugar de condenar, ainda que com toda a hipocrisia que se pode imaginar, o fato de atirarem contra pessoas que viajavam num ônibus, reagiu dizendo que “”Lula quis transformar o Brasil num galinheiro. Agora está colhendo os ovos”.

Aliás, não parou aí: voltou a defender que todos possam andar armados e que se dê licença à Polícia para matar, desde que numa vaga “defesa do povo”.

Alguém que, diante de um atentado polpitico a bala, reage desta maneira não merece menos que o nome de incitador.

Bolsonaro age da mesma forma dos que os vilipendiadores da vereadora assassinada no Rio.

No fundo, diz que tanto Lula quanto ela mereceriam receber tiros.

Em matéria de galinha, ele e seus seguidores realmente lembram os galinhas-verdes do grupamento fascista do integralista Plínio Salgado, nos anos 30.

A violência armada – e com apelo às armas – tem nome e sobrenome.

Não adianta fazer apelos à paz e a democracia sem dizer quem faz ameaças armadas.

O Judiciário e a mídia produziram seu pequeno Hitler, que agora tem vida própria e ameaça devorar seus pais.

Mas,tamanho é seu ódio que preferem correr o risco de que um bando de pistoleiros tome o governo do país.

É isso que temos pela frente e não adianta fingir que Bolsonaro é apenas um “mito”.

Lei na íntegra: Os ovos de chumbo dos galinhas-verdes

(Apenas corrigindo, não são ovos de galinha. E sim ovos de serpente)

*Trump não Gosta de Corrupção em sua Casa, Porém, na Casa dos Outros a Coisa Muda.

Isto é apenas na Índia 

O presidente Donald Trump “não gosta” da Lei de Práticas de Corrupção no Exterior. ” É uma lei horrível “, disse Trump. A FCPA considera crime as empresas norte-americanas subornar funcionários estrangeiros ou fazer parcerias com outros que estejam claramente fazendo isso.

Trump argumentou que a lei coloca as empresas americanas em desvantagem. “São coisas como essa que nos levam a não sermos capazes de liderar o mundo”, disse Trump na CNBC em 2012. (os EUA e sua obsessão pela dominação mundial)

Corrupção na Índia é bastante comum, especialmente no setor imobiliário. A Índia também é onde a Organização Trump tem quatro projetos atualmente em construção e outro apenas concluído, mais do que em qualquer outro país estrangeiro. Como detalhamos na semana passada na Trump, Inc., Donald Trump Jr. esteve intimamente envolvido em grande parte do trabalho .

Nesta semana, estamos analisando os parceiros da Organização Trump na Índia – e as bandeiras vermelhas que seu trabalho levantou. Trabalhamos com a repórter do Investigative Fund , Anjali Kamat, cuja história sobre os negócios da Trump na Índia aparece na última edição da The New Republic .

Kamat viajou para o local de cada um dos projetos que ainda estão em construção.

Veja o que ela encontrou:

O projeto: Trump Tower Kolkata

O que Trump Jr. descreveu como: “o primeiro edifício residencial de Kolkata com vidro do chão ao teto”.

O que há agora: a fundação e um outdoor

Um parceiro: Grupo RDB

As bandeiras vermelhas: em 2011, os diretores do Grupo RDB foram acusados ​​de “insider trading” e foram barrados do mercado de ações indiano por quatro anos. Além disso, no dia seguinte à visita de Trump Jr., as autoridades fiscais invadiram os escritórios do RDB por alegadas “ irregularidades financeiras ”. O grupo não comentou sobre a operação na época.

Sua resposta para nós: Nenhuma

__________

O projeto: Uma torre residencial em Gurgaon, um subúrbio de Nova Deli

O que Trump Jr. descreveu como: “ O endereço mais prestigiado da cidade ”

O que há agora: um pequeno pedaço de terra vazia

Um parceiro: M3M, que significa “Magnificência na Trindade dos Homens, Materiais e Dinheiro”

As bandeiras vermelhas: os investigadores fiscais apreenderam cerca de US $ 70 milhões em dinheiro não declarado dos escritórios da M3M em 2011. A empresa depois pagou impostossobre o dinheiro, de acordo com o Washington Post . No ano passado, um funcionário florestal apresentou uma queixa alegando que a empresa subornou guardas florestais para cortar árvores ilegalmente. Não conseguimos encontrar qualquer resposta da M3M sobre os subornos alegados.

Sua resposta para nós: Nenhuma.

__________

O projeto: Uma torre de escritórios em Gurgaon

O que Trump Jr. descreveu como: “ Uma das mais excitantes e procuradas torres comerciais na Índia e além”

O que há agora: um lote vazio com cabras pastando

Um parceiro: IREO

As bandeiras vermelhas: no mês passado, duas empresas de investimento entraram com uma ação criminal contra o IREO por fraudar investidores de quase US $ 150 milhões. Ele cita o ex-CEO, que disse ter testemunhado “vários atos de fraude, fraude e apropriação indébita de dinheiro”.

Sua resposta para nós: Nenhuma. Em uma carta aos investidores no início deste mês, o diretor da IREO chamou as acusações de “falsas, infundadas e desprovidas de qualquer mérito”.

__________

O projeto: Trump Tower Mumbai

O que os Trumps descreveram como : ” A adição mais espetacular ao horizonte de Mumbai“.

O que há agora: a torre está quase completa

Um parceiro: The Lodha Group

As bandeiras vermelhas:   Funcionários de várias agências indianas disseram a Kamat que estavam investigando alegações de lavagem de dinheiro, fraude fiscal e violações de regulamentos de câmbio envolvendo as subsidiárias do Grupo Lodha.

Sua resposta para nós: Nenhuma. O Grupo Lodha respondeu anteriormente a uma investigação relatada, dizendo que eles não estavam cientes disso.

Ler na íntegra: As Muitas Bandeiras Vermelhas dos Parceiros de Trump na Índia

*México: Deslocamento Forçado de 145 Famílias da Comunidade Tabak

Pedimos a todos que copiem o corpo do pedido e enviem para os e-mails mencionados abaixo:

145 famílias mexicanas correm risco de morte:

San Cristóbal de Las Casas, Chiapas, México.
Em risco a vida dos indígenas tsotsiles de Aldama
22 de março de 2018
Ações Urgentes
Frayba Comunicación

145 famílias são deslocadas forçadamente da comunidade de Tabak

Desde fevereiro passado 27 diferentes comunidades no município de Aldama localizadas dentro dos limites territoriais com o ejido Manuel Utrilla município de Chenalhó foram atacados com armas de fogo, ameaçando a vida, a segurança e a integridade da população .

Ataques com armas de fogo de alto calibre são realizadas por um grupo armado de Ejido Manuel Utrilla Chenalhó contra comunidades: Tabak, Koko’, Cotsilnam, Stselej Potop, Xchuchte e Ponte, no município de Aldama, estas comunidades se localizam perto do rio que marca a fronteira entre os dois municípios. Além disso, em 16 de março, o grupo armado proveniente de Manuel Utilla, Chenalhó, entrou na sede municipal de Aldama atirando em casas e edifícios como a igreja, o mercado e a câmara municipal. Os ataques causaram terror entre a população e existe a ameaça de outras incursões armadas causando morte e deslocamento.

Devido a esses atos de violência, desde 20 de março: 145 famílias Tsotsil de Tabak, Aldama, foram deslocadas à força; a comunidade de Koko, composta por 90 famílias, é isolada, pois menciona que seus acessos são guardados por homens com armas de fogo; outras comunidades de Aldama, perto da fronteira com Chenalhó, que já sofreram agressões armadas, não vão trabalhar nas plantações por medo de serem fuziladas; e algumas pessoas tiveram que se abrigar temporariamente no mato devido ao fogo constante.

Há depoimentos que mencionam que esse grupo armado está recrutando pessoas e que coordenou em suas ações com outro grupo de Chenalhó, ligado à Presidente Municipal Rosa Pérez Pérez, que atuou no deslocamento de mais de 5 mil pessoas o município de Chalchihuitán.

Pedimos ao Estado mexicano:

Garantir a vida, integridade e segurança pessoal das comunidades que compõem o povo Tsotsil de Tabak, Koko ‘, Cotsilnam, Stselej Potop, Xchuchte, Puente e o chefe do município de Aldama, Chiapas.

Para responder com urgência à situação de deslocamento de 145 famílias tostsiles de Tabak, Aldama; Imediatamente aplicando os Princípios Orientadores sobre o Deslocamento Interno das Nações Unidas. Bem como a realização de ações preventivas, a fim de evitar que outras comunidades Aldama se movam de forma forçada devido às agressões armadas na região.

Implementar uma estratégia eficaz de desmantelar, desarmar, prender e punir os grupos civis armados na região e investigar minuciosamente as autoridades responsáveis ​​pela organização e ação dos grupos armados. Reiteramos um cessar-fogo.

Ao governador Manuel Velasco Coello, exigimos que ele assuma a sua responsabilidade como governador do Estado e atenda de forma integral e profunda à espiral de violência que existe na região, às violações aos direitos humanos e a emergência em que os habitantes de Aldama se encontram.

Pedimos que você envie seus recursos para:

Sr. Presidente Enrique Peña Nieto,
Residência Oficial de Los Pinos,
Casa Miguel Aleman, Coronel San Miguel Chapultepec,
CP 11850, Cidade do México;
Fax: (+52) 55 5093 4901;
Email: enrique.penanieto@presidencia.gob.mx
Twitter: @PresidenciaMX

Lic. Alfonso Navarrete Prida
Secretário do Interior
Bucareli 99, 1º. chão, Col. Juarez,
Cuauhtemoc, Cidade do México,
CP 06600, México;
Fax: (+52) 55 5093 34 14;
Mail: secretario@segob.gob.mx
Twitter: @NavarretePrida
@SEGOB_mx

Luis Raúl González Pérez,
Presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos,
Building “Hector Fix Zamudio”
Blvd. Adolfo Lopez Mateos 1922, 6º andar,
Col. San Angel Tlacopac,
Delegação Alvaro Obregon, CP 01040;
Cidade do México;
Fax: (+52) 0155 36 68 07 67;
Email: mail@cndh.org.mx
Twitter: @CNDH

Manuel Velasco Coello
Governador do Estado de Chiapas
Palácio do Governo de Chiapas,
1º Andar First Avenue Central e do Leste.
Colonia Centro, CP 29009
Tuxtla Gutierrez, Chiapas, México
Fax: +52 961 61 88088 – + 52 961 6188056;
Extensão 21120. 21122;
Mail: secparticular@chiapas.gob.mx
Twitter: @VelascoM_
@gubernaturachis

Juan Carlos Gómez Aranda
Secretário Geral do Governo no
Palácio do Governo de Chiapas , 2º. Andar, Centro CP 29000 Tuxtla Gutiérrez, Chiapas.
Interruptor: (961) 61 8 74 60 Ramal 20003
E-mail: secretariaparticular.sgg@gmail.com
Twitter: @Secgob_Chiapas

Pedro Gómez Gómez
subsecretário de Governo da Região Altos Tsotsil-Tseltal
Francisco I. Madero No. 101, Barrio Guadalupe
C.P. 29200 San Cristobal de las Casas, Chiapas.
Telefone: 01 (967) 67 465 94 Fax: 01 (967) 67 465 94

Fonte: https://frayba.org.mx/accion-urgente-en-riesgo-la-vida-de-indigenas-tsotsiles-de-aldama/

 

*MNOAL vai Solicitar Reparação Para Afrodescendentes por Danos Causados Pela Escravidão

Caracas,  AVN

O Movimento dos Países Não Alinhados (Mnoal), cuja presidência pro tempore é exercida pela Venezuela, vai desenvolver um plano mundial para a reparação dos direitos dos povos afrodescendenes e africanos, submetidos à escravidão e o racismo durante 500 anos.

“Que a Europa repare o dano que fez com a escravidão durante 500 anos na América Latina, Caribe, África e os Estados Unidos também”, afirmou o presidente da República, Nicolás Maduro, durante um encontro realizado com comunidades afrodescendentes na Casa Amarela em Caracas neste sábado.

Nicolás Maduro explicou que nos dias 9 e 10 de maio haverá um encontro mundial na capital venezuelana para formar a equipe do Mnoal que vai pedir a abertura de um processo perante a Corte Internacional de Justiça para ressarcir os danos causados na população africana, que foi submetida à escravidão a partir do século XV.

O evento contará com a participação de intelectuais, cientistas e juristas de todo o mundo, informou o presidente Maduro, que também assinou no último sábado o decreto para a execução do Decênio Nacional para as Pessoas Afrodescendentes 2015-2024, estabelecido pela Organização da Nações Unidas (ONU) para repudiar a discriminação racial, xenofobia e qualquer forma de intolerância.

Para estabelcer este decênio, a ONU tomou como antecedente a Declaração e o Progama de Ação de Durban 2001, firmada na África do Sul, que reconhece que a escravidão e o tráfico de escravos, especialmente o tráfico da África para a América, constituem um crime de lesa humanidade.

“Reafirmamos energicamente também que é requisito ineludível de justiça que se dê acesso à justiça, às vítimas das violações dos direitos humanos resultantes do racismo, a discriminação racial, a xenofobia e as formas conexas de intolerância, o direito de pedir e receber a justa e adequada indenização ou satisfação pelos danos sofridos por esta discriminação, de acordo com o consagrado em numerosos instrumentos internacionais e regionais dos direitos humanos, em particular a Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial”, afirma a Declaração de Durban.

Extraído de: Portal Patria Latina

Leia também: Venezuela exige suspensão de bloqueio e respeito à soberania

A Europa em divida com os países do terceiro mundo, um dia terão que pagar.