*Trump no Afeganistão – Desespero, Burrice ou Ultima Cartada ?

Incursão de Trump no Afeganistão cheira a desespero, porém, ele pode ter sucesso.

Soldado dos EUA no Afeganistão

Foto: Porque os EUA jamais vencerão no Afeganistão

Não o chamam de “cemitério de impérios” sem motivos. Os ingleses perderam duas guerras, Alexandre, o Grande, não conseguiu conquistá-lo e, mais recentemente, os soviéticos desistiram depois de uma década tentando governá-lo, o que, em 1989, deu aos neocons nos EUA um momento ilusório, acreditando que a intervenção dos EUA levou ao colapso da União Soviética.

O Afeganistão faz isso com as pessoas. Os faz sonhar e lhes dá idéias ilusórias.

No entanto, muitos vão ponderar e aprovar a sabedoria (hum) e os esforços de Donald Trump para almejar a “ vitória ” no Afeganistão, quando a maioria argumenta que o Afeganistão já derrotou os EUA e tem fama histórica por submeter todos aqueles que tentaram colocá-lo de quatros.

NYT:

Depois de quase 16 anos de guerra, os mais longos dos Estados Unidos, os talibãs não estão apenas longe de serem derrotados, eles estão ganhando terreno. Eles também evoluíram para um inimigo mais tenaz do que o mapeado em 2001, fazendo um triunfo militar dos Estados Unidos parecer cada vez mais longe.

Desde 2008, quando o almirante Mike Mullen, presidente do Joint Chiefs of Staff, disse:  “não podemos parar nosso caminho para a vitória“, a pedra fundamental da política americana no Afeganistão não é desaparecer com o Taleban, mas atacá-lo e subjuga-lo para forçar acordos de paz. A onda afegã de Barack Obama, que elevou a força norte-americana a 100 mil soldados naquele pais, não conseguiu fazer isso.

Em seu discurso na noite de segunda-feira, Trump afirmou que os Estados Unidos ainda alcançariam a paz através da vitória. Apesar dessa afirmação, e dos compromissos de tropas muito mais modestos desta vez, a esperança de vencer o Taleban pelo cansaço continua sendo o mantra repetido pelos diplomatas americanos e pelos generais que Trump escolheu para executar sua política.

Leia também: Incursão de Trump no Afeganistão cheira a desespero

Leia também: Soldados dos EUA são forçados ao consumo de drogas derivadas do ópio

Leia também: EUA continuam sem estratégia no Afeganistão

Leia também: Quase 20 civis teriam morrido em bombardeio dos EUA no Afeganistão, segundo a ONU

Leia também: Afeganistão, onde as pessoas são o que menos interessa

Leia também: Pentágono: retirada do Afeganistão seria risco para EUA (sabemos quais os riscos!!!)

Leia também: A saída dos EUA do Afeganistão é a única forma de acabar a guerra 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.