*Na Islândia, o Suspeito do “Big Bitcoin Heist” (grande roubo aos Bitcoins), escapa do país após fuga da prisão.

Grandes crimes referentes aos”Bitcoin’s”. Criminosos agora visariam os hardware’s ?Computadores de mineração Bitcoin são retratados em uma fazenda de mineração Bitcoin perto de Keflavik, na Islândia.

Computadores de mineração Bitcoin são retratados em uma fazenda de mineração Bitcoin perto de Keflavik, na Islândia. (Reuters Archive)

Um homem identificado como “Sindri Thor Stefansson“, suspeito de participar, com outras 10 pessoas, de um roubo à 600 super-computadores utilizados como mineradores de Bitcoins, conseguiu fugir da cadeia onde se encontrava custodiado.

Sindri saiu da Islândia tranquilamente num voo de passageiros com destino a Suécia, na terça feira (17-04), uma testemunha disse a RUV que, no mesmo voo se encontrava o primeiro-ministro da Islândia.

O roubo teria acontecido no final de 2017 e a mídia islandesa apelidou “o maior roubo do país” de “Big Bitcoin Heist“. Neste caso não se teria como avaliar os valores, os mineradores podem ter armazenados Bitcoins do mundo inteiro.

Boa parte dos computadores ainda não foram encontrados, e deve ter preocupado os  proprietários da moeda P2P.

O que poderia acontecer: O proprietário da moeda tentar pagar alguma compra ou pagar serviços com a moeda irreal e receber a feliz mensagem. Não existe saldos suficientes, ou pior, esta conta não foi localizada.

Parabéns para vc, capitalista investidor em moedas P2P, sua inteligencia é brilhante.

Leia mais: Big Bitcoin Heist

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s