*O Espião Russo/Inglês que Queria Morrer (parte 2) – Por villorBlue

O Conselho de Segurança da ONU realiza hoje uma reunião após os resultados da investigação (do incidente de Salisbury) por especialistas da OPAQ. Quem agendou a reunião foi Londres.

As partes planejam discutir as descobertas dos especialistas da organização
Na quarta-feira, em Haia, ocorreu uma reunião do Secretariado da OPAQ. A organização afirmou que eles não encontraram vestígios do agente BZ em Salisbury. Mais cedo, o ministro das Relações Exteriores da Russia, Sergei Lavrov, disse que o ex-agente do GRU Sergei Skripal e sua filha Julia poderiam ter sidos envenenados com essa toxina em particular (fora de qualquer missão).

Ao mesmo tempo, o representante permanente da Rússia na OPAQ, Alexander Shulgin, apresentou aos membros da secretaria, documentos indicando que, há alguns anos, os EUA patentearam uma substância que provavelmente foi usada na tentativa em Salisbury.

Relembrando o caso.

Incidente em Salisbury:

No início de março, o ex-coronel GRU e agente duplo Russo/Inglês Sergei Skripal e sua filha Julia foram encontrados inconscientes num banco de um shopping na cidade de Salisbury.

Na Inglaterra, eles afirmam que os dois foram envenenados com uma substância desenvolvida no âmbito do programa soviético “Novishok”, e Moscou estava envolvida no incidente.

A Rússia nega categoricamente e chama as acusações de “uma provocação sem fundamento“. O Ministério das Relações Exteriores solicitou a exaustão uma investigação conjunta do incidente, mas as autoridades do Reino Unido responderam com uma recusa.

Como dissemos no post anterior sobre este caso, esta história ainda vai dar pano pra manga.

__________

Assista a reunião da OPAQ ao vivo no link

__________

OPAQ confirma; investigaçõess do Reino Unido sobre substância usada no envenenamento de Skripal, não levam a nenhum detalhe sobre a origem do produto:

__________

O noivo de Julia Skripal desapareceu:

Investigadores não conseguem encontrar o jovem

Após o incidente em Salisbury desapareceu o noivo de Julia Skripal, ela queria discutir sobre o casamento com seu pai no Reino Unido. Disse um primo de Julia.

Julia Skripal queria casar e veio a Salisbury para conversar com seu pai, (o ex-coronel e agente duplo inglês/russo), para discutir questões relacionadas ao casamento. 

Após o envenenamento em Salisbury Julia Skripal não pode contatar mais o noivo. Ele não pode ser encontrado não apenas pelos parentes da mulher russa de 33 anos, mas também pelos investigadores.  Ela também acredita que ele  é mantido à força no Reino Unido.

__________

Victoria Skripal ameaçou escrever para a ONU por causa de um visto britânico negado:

A sobrinha do ex-espião Sergei Skripal e da prima Julia Skripal, Victoria pretende apresentar uma queixa à ONU se a embaixada britânica negar novamente seu visto de entrada e, portanto, não permitir a visita às vítimas de envenenamento por parentes

__________

Leia mais: O Espião Russo/Inglês que Queria Morrer

Leia mais: EUA invadem consulado da Rússia em Seattle violando a lei internacional

Um comentário sobre “*O Espião Russo/Inglês que Queria Morrer (parte 2) – Por villorBlue

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.