* Ô vous qui savez…

Em memória de Charlotte Delbo

Você que conhece
você sabia que a fome brilha olhos que a sede os mancha
Você que conhece
você sabia que podemos ver sua mãe morta
e fique sem lágrimas
Você que conhece
você sabia que pela manhã nós queremos morrer
que à noite temos medo
Você que conhece
você sabia que um dia é mais de um ano
um minuto a mais que uma vida
Você que conhece
você sabia que as pernas são mais vulneráveis que os olhos?
nervos mais duros que ossos
o coração mais sólido que o aço
Você sabia que as pedras do caminho não choram
que existe apenas uma palavra para terror
apenas uma palavra para ansiedade
Você sabia que o sofrimento não tem limite
o horror sem fronteira
Você sabia
Você quem sabe.

Ô vous qui savez
saviez-vous que la faim fait briller les yeux que la soif les ternit
Ô vous qui savez
saviez-vous qu’on peut voir sa mère morte
et rester sans larmes
Ô vous qui savez
saviez-vous que le matin on veut mourir
que le soir on a peur
Ô vous qui savez
saviez-vous qu’un jour est plus qu’une année
une minute plus qu’une vie
Ô vous qui savez
saviez-vous que les jambes sont plus vulnérables que les yeux
les nerfs plus durs que les os
le cœur plus solide que l’acier
Saviez-vous que les pierres du chemin ne pleurent pas
qu’il n’y a qu’un mot pour l’épouvante
qu’un mot pour l’angoisse
Saviez-vous que la souffrance n’a pas de limite
l’horreur pas de frontière
Le saviez-vous
Vous qui savez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.