*30 Líderes Sociais Assassinados na Colômbia em 2018. E Onde Estão os Lacaios de Almagro e do Grupelho de Lima?)

De: ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Organizações de defesa dos direitos humanos na Colômbia denunciou que durante o fim de semana ocorreram na Colômbia mais três novos assassinatos contra líderes sociais e dois membros do partido Força Conjunta Revolucionária Alternativa (FARC), somando-se aos 27 líderes que foram assassinatos desde janeiro deste ano.

A Telesur disse que entre as vítimas mais recentes estão Deriver Quintero, presidente do Comitê de Esportes do conselho de ação da comunidade, em Catatumbo; Orlando Grueso Obregón e Jhonathan Cundumi, líderes sociais da costa do “Pacífico de Cauca“, todos pertencentes ao movimento “Patriotic March“, pelo qual, eles pedem uma resposta rápida.

A lista dos mortos um casal de líderes sociais militantes da “ex-FARC“, Victor Alonso Sanchez e Kevin Andres Lugo, eram líderes de comunidades agrícolas em Cauca.

Os dois líderes faziam parte das equipes de campanha de Ancízar Barrio, candidato à Câmara dos Deputados da lista de coalizão de professores, liderada pelo ex-prefeito Gustavo Petro.

Do restante dos crimes ocorridos em janeiro deste ano, os departamentos que mais mataram foram Antioquia, com seis, e Arauca, com cinco.

O governo ofereceu a criação de uma delegação de pesquisa e painéis técnicos para esclarecer os assassinatos de líderes sociais e defensores dos direitos humanos, que entre 2017 e este ano passam de 100.

Leia na íntegra: 30 líderes sociales asesinados en Colombia en 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s