*Canal na Nicarágua, Rússia e China. A Construção de um Mundo Multipolar

NicaraguaCanal.5.jpg

Canal construído na Nicarágua para navegação de navios cargueiros entre o Oceano Pacífico e o Oceano Atlântico contribuirá para a construção de um mundo multipolar .

A Rússia está reativando negociações com a Nicarágua para participar da construção do canal que irá passar pelo seu território e ligar os oceanos Pacífico e Atlântico.

Este tema foi um dos principais assuntos na reunião da comissão intergovernamental russo-nicaraguense em Moscou em 9 de setembro. As partes esperam resultados práticos das negociações com a participação de ministros e empresários.

Canal nicaraguense contribuirá para construção de mundo multipolar

Natalia Kasho, Moscou – Rússia – Fontehttp://portuguese.ruvr.ru/

A participação da Rússia neste projeto foi promovida pelo presidente Vladimir Putin. Em julho de 2014, a caminho de Cuba para Argentina, ele mudou sua turnê e decidiu fazer uma breve visita à Nicarágua. Na reunião com o presidente Daniel Ortega o papel da Rússia neste projeto foi discutido propositadamente.

Segundo fontes diplomáticas, trata-se de apoio militar e político. Em particular, a Rússia irá garantir a segurança da construção e sua proteção contra possíveis provocações. Para isso, a Nicarágua permitiu a navios e aviões de guerra russos patrulhar ao largo da costa do país no Oceano Pacífico e no mar do Caribe. O acordo bilateral sobre o assunto permite começar a efetuar isso já na primeira metade de 2015.

Canal-Interoceanico-Nicaragua1

Vladimir Putin chegou a Manágua poucos dias depois da apresentação da versão final do projeto do percurso do canal. Ela foi realizada pelo investidor principal, a empresa de Hong Kong “HK Nicaragua Canal Development Investment”. O custo do projeto é de cerca de US$ 40 bilhões de dólares, valores da época.

A Rússia deu um forte passo geopolítico, entrando com a China no projeto alternativo ao canal do canal do Panamá, controlado pelos Estados Unidos, acredita o diretor do Centro de Pesquisas Sociais e Políticas, Vladimir Evseev:

Os EUA controlam os principais pontos através dos quais passam as principais rotas marítimas. O estreito de Malaca, Singapura, Gibraltar, os canais de Suez e do Panamá.

E O LEITOR PERGUNTA POR QUE A TENTATIVA DE GOLPE ATUAL NA NICARÁGUA ?

Leia também: O que se Passa Realmente na Nicarágua? Parece tão Igual a 2013 no Brasil…

Um comentário sobre “*Canal na Nicarágua, Rússia e China. A Construção de um Mundo Multipolar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s